Indaiá 3

Estudantes cearenses criam ketchup natural feito com acerola

A receita não usa aditivos químicos ou corantes artificiais e possui características funcionais

29 de novembro de 2018
Com uma pegada saudável e acessível, o "Natchup" é um ketchup feito de forma totalmente natural, a base de acerola e sem uso de aditivos químicos ou corantes artificias. (Foto: Divulgação)

Com uma pegada saudável e acessível, o “Natchup” é um ketchup feito de forma totalmente natural, a base de acerola e sem uso de aditivos químicos ou corantes artificias. (Foto: Divulgação)

A Universidade Federal do Ceará (UFC) anunciou, na última terça-feira (27), o pré- lançamento do “Natchup”, um ketchup feito de forma totalmente natural, a base de acerola, beterraba e abóbora.

Além disso, a receita dispensa o uso de aditivos químicos ou corantes artificia. O projeto foi desenvolvido pelos estudantes do Departamento de Engenharia de Alimentos.

> Fortaleza aparece em 17º no ranking das “Capitais Brasileiras Amigas da Atividade Física”
> Mais de 19% dos fortalezenses são obesos, segundo Ministério da Saúde
> Verdelima Restaurante: gastronomia natural combinada à alimentação saudável
> Novembro Azul: Prefeitura de Fortaleza inaugura Centro de Atenção à Saúde do Homem

O ketchup natural foi desenvolvido na UFC, esta que passou o licenciamento de patente à empresa privada Frutã, vencedora do processo de concorrência para a fabricação e comercialização do Natchup. A previsão de venda é do produto no varejo é a partir de janeiro.

Ketchup Natural: como surgiu a ideia

O ketchup natural é fruto de uma pesquisa realizada por estudantes durante a disciplina Aspectos Básicos do Processamento de Frutos Tropicais, do Departamento de Engenharia de Alimentos da UFC. Agora, também é um projeto de pesquisa desenvolvido pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica. Segundo os idealizadores, a receita foi criada para ser uma alternativa mais saudável à tradicional, além de possuir características funcionais.

Por ser feito a base de acerola, o Natchup é rico em nutrientes como cálcio, ferro e fósforo e possui menor concentração de açúcares. Apesar do tomate ser nutritivo, possui produção de base com agrotóxicos (com exceção dos orgânicos), daí veio a ideia de tentar algo novo e trocar o tomate pela fruta acerola (cultivada sem aditivos químicos).

Ação social 

A proposta de criação do Natchup além de saudável, é sustentável. O intuito é que o produto saia do núcleo de pesquisas direto para o consumo de todos. Como iniciativa, os idealizadores direcionam parte do lucro do projeto com o Natchup a quatro instituições: Associação Peter Pan, Lar Torres de Melo, Lar TinTin e Projeto Resgate.

Reconhecimento

O produto Natchup foi premiado e recebeu o selo Innovation durante o Salão Internacional da Alimentação (Sial), evento realizado em Paris que reconhece projetos do setor.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: