Banner CMFOR – Outubro Rosa – 07 a 31/10

Especial Doação de órgãos: um ato de amor à vida

São 33.984 brasileiros na lista de espera para receber doações de fígado, coração, pulmão, córnea, rins e pâncreas, sendo 939 pessoas somente no Ceará

27 de setembro de 2019

Esperança e renovação. Sentimentos de quem recebe um transplante de órgãos. Para o doador, um ato de solidariedade. 

No entanto, a doação de órgãos ainda é um tabu para algumas famílias e precisa ser desmistificada o quanto antes. O amor ao próximo é capaz de mudar essa realidade. Como forma de alerta para a causa, este mês é dedicado à campanha Setembro Verde, que tem como intuito sensibilizar a população para a doação de órgãos e tecidos. Além disso, o Dia Nacional de Doação de Órgãos, celebrado neste 27 de setembro, visa conscientizar a sociedade sobre a importância da doação, além de incentivar a conversa com familiares e amigos sobre o assunto.

> Setembro Amarelo: precisamos falar sobre suicídio
> Junho vermelho: campanha destaca a importância para doação de sangue
> Chances de infarto: quase 70% dos brasileiros não conhecem a própria taxa de colesterol
> Unimed Aeromédica inaugura base de aeronaves na capital cearense

Cada minuto é decisivo para que doação e transplante sejam feitos com sucesso. Para Jorge Pedrosa, 56, que recebeu o diagnóstico de um severo câncer no fígado em 2016, a única esperança era um transplante.

Jorge e as filhas, Giselly e Joyce, após recuperação do transplante. (Foto: Arquivo Pessoal)

Jorge e as filhas, Giselly e Joyce, após recuperação do transplante. (Foto: Arquivo Pessoal)

A luta pela vida estava cada vez mais dura e o tempo se esgotando. Após o diagnóstico de Jorge, a jornada de exames e orações que envolvem a rotina na fila de espera da doação começaram. “Um dos nódulos do meu pai estava próximo de atingir o limite estabelecido pelo ‘Critério de Milão’, referência utilizada para admitir pessoas na fila do transplante. Caso ele passasse dessa margem o transplante não seria possível. Após reuniões da equipe, ele foi submetido a situação especial na fila, pois o câncer não podia se espalhar pelo corpo e corrermos o risco de uma metástase”, conta a jornalista Joyce Pedrosa, filha de Jorge

Do diagnóstico até o transplante de fígado, foram meses de espera. Até que um telefonema mudou tudo. “No dia 19 de junho de 2017, às 13h14, a enfermeira Clébia, responsável pela captação de órgãos do ambulatório de transplante me ligou. Parecia que meu pai estava adivinhando. Ele sempre dizia que o transplante dele iria ser até o início de julho. Ninguém entendia. Mas a fé é enigmática”, relembra Joyce. 

Jorge e Joyce na consulta de rotina com a médica que o acompanha no tratamento após transplante. (Foto: Arquivo Pessoal)

Jorge e Joyce na consulta de rotina com a médica que o acompanha no tratamento após transplante. (Foto: Arquivo Pessoal)

O processo foi longo, com passagens por vários hospitais e UTIs. Mas, mesmo cheio de obstáculos, teve um final feliz. Jorge foi transplantado e hoje vive bem.  “Passar por essa situação muda tudo na cabeça. Após o transplante, minha vida melhorou muito e continuo bem, graças a Deus”, celebra. 

Lista de espera: lugar de fé e esperança

Segundo relatório da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO) feito em março deste ano, atualmente são 33.984 brasileiros na lista de espera para receber doações de fígado, coração, pulmão, córnea, rins e pâncreas. Somente no Ceará, 939 pessoas estão no aguardo. Apesar do número, a eficácia da ação do estado é referência. Relacionado à doação de fígado, o Ceará aparece no documento como o terceiro estado brasileiro que mais realizou transplantes do órgão ainda no primeiro trimestre de 2019, com 56 transplantes realizados. 

Doar órgãos é espalhar o amor

Segundo o relatório de 2019 da ABTO, a meta de doações ainda está um pouco longe de ser alcançada. “O ano começou difícil, embora tenha havido um pequeno aumento de 0,8% na taxa de potenciais doadores, tendo atingido 52,3 pmp. Houve queda de 2,1% na taxa de efetivação, caindo de 32,8% para 32,1%, o que resultou na diminuição em 1,2% (16,8 pmp) na taxa de doadores efetivos. O resultado deste trimestre, praticamente, inviabiliza a obtenção da meta prevista em 2016 para este ano, de 20 doadores pmp”, destaca a associação. 

No Ceará, o Hospital São Carlos (HSC) é referência em transplantes, principalmente hepático e renal. O local possui uma unidade exclusiva para transplantes que se destaca como centro transplantador e captador de órgãos e tecidos. Segundo o hospital, são feitos em média de três transplantes por semana no local, com uma taxa de sucesso de 95,24%. O HSC é, atualmente, o único hospital particular do Ceará credenciado pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para a realização do procedimento.

Como se tornar um doador

Para ser um doador, o primeiro passo é se propor a ajudar quem tanto precisa. Depois, basta comunicar à família. Gesto simples e muito significativo, que pode ser feito por todos. O assunto deve ser esclarecido, com a garantia de que a vontade do doador será feita. 

Segundo a Aliança Brasileira pela Doação de Órgãos e Tecidos (Adote), um doador é capaz de salvar mais de vinte pessoas, podendo doar córneas, coração, fígado, pulmão, rim, pâncreas, ossos, vasos sanguíneos, pele, tendões e cartilagem. 

O Ministério da Saúde ressalta a Lei 9.434, que estabelece que doação de órgãos pós morte só pode ser feita quando for constatada a morte encefálica e com autorização da família. O diagnóstico de morte encefálica é regulamentado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), podendo ser realizado por médicos com capacitação específica, observando o protocolo estabelecido pelo CFM.

Doação de órgãos: Campanha Setembro Verde na Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. (Foto: Sesa)

Doação de órgãos: Campanha Setembro Verde na Secretaria da Saúde do Estado do Ceará. (Foto: Sesa)

 

Há também a possibilidade de ser um doador em vida. Para isso, o indivíduo deve ter mais de 21 anos e boas condições de saúde. É importante salientar que a doação ocorre somente se o transplante não comprometer suas aptidões vitais. Segundo a ADOTE, rim, medula óssea e parte do fígado ou pulmão podem ser doados entre cônjuges ou parentes de até quarto grau com compatibilidade sanguínea. No caso de não familiares, a doação só acontece mediante autorização judicial.

Onde ir para ajudar

No Ceará, diversos hospitais recebem doação de órgãos e realizam transplantes. Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (SESA), o Brasil tem hoje o maior sistema público de transplantes do mundo, no qual cerca de 95% dos procedimentos e cirurgias são feitos com recursos públicos. O Estado do Ceará, anualmente, fica entre os estados que mais realizam transplantes de órgãos no país, contando com 62 hospitais notificantes entre públicos, privados e filantrópicos, cadastrados no Sistema Nacional de Transplantes/ Ministério da Saúde.

A Central de Transplantes do Ceará funciona 24 horas, sete dias por semana, na sede da Secretaria da Saúde do Estado e coordena as atividades de transplantes no âmbito estadual.

Centros Transplantadores no Ceará: 

Coração

Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes
Endereço: Av. Frei Cirilo, 3480 – Messejana, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3101-4075

Hospital Monte Klinikum
Endereço: Rua República do Líbano, 747 – Meireles, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 4012-0012

Hospital São Camilo Cura Dar’s
Endereço: R. Costa Barros, 833 – 2º andar – Centro, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 3464-7000

Pulmão

Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes

Fígado

Hospital Universitário Walter Cantídio
Endereço: R. Pastor Samuel Munguba, 1290 – Rodolfo Teófilo, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 3366-8167

Hospital Geral de Fortaleza
Endereço: R. Ávila Goularte, 900 – Papicu, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 3101-3209

Hospital São Carlos
Endereço: Av. Pontes Vieira, 2531 – São João do Tauape, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 4009-3333

Hospital Monte Klinikum

Hospital São Camilo Cura Dar’s

Rim

Hospital Universitário Walter Cantídio

Hospital Geral de Fortaleza

Hospital São Carlos

Hospital Monte Klinikum

Hospital São Camilo Cura Dar’s

Hospital Antônio Prudente
Endereço: Av. Aguanambi, 1827 – Fátima, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: 4002-3633

Fundação Leandro Bezerra de Menezes (Crato)
Endereço: R. São Pedro, 3000 – Santa Tereza, Juazeiro do Norte – CE
Telefone: (88) 3512-2706

Rim/ Pâncreas

Hospital Universitário Walter Cantídio

Hospital Geral de Fortaleza

Pâncreas isolado

Hospital Universitário Walter Cantídio

Hospital Geral de Fortaleza

Medula Óssea

Hospital Universitário Walter Cantídio

Hospital Monte Klinikum

Hospital Regional Unimed Fortaleza
Endereço: Av. Visconde do Rio Branco, 4000 – São João do Tauape, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 3277-7000

Hospital São Camilo Cura Dar’s

Hospital Antonio Prudente

Córnea

Bioclínica
Endereço: Av. João de Araújo Lima, 801 – Pref. José Walter, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3033-2323

Centro Cearense de Oftalmologia
Endereço: R. Ildefonso Albano, 1373 – Aldeota, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3201-1000

Centro Médico Oftalmológico
Endereço: Av. Dom Luís, 1200 – Meireles, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 4011-5678

Centro Avançado de Retina e Catarata
Endereço: Harmony Medical Center Av. Dom Luís, 1233 / 14º Andar Meireles – Aldeota, Fortaleza – CETelefone: (85) 3486-6366

Hospital Geral de Fortaleza (HGF)

Hospital Universitário Walter Cantídio

Hospital de Olhos Leiria de Andrade
Endereço: R. Rocha Lima, 1140 – Centro, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 3266-5511

Instituto da Visão do Ceará

Endereço: Av. Santos Dumont, 2456 – 8º andar – Aldeota, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3261-0412

Clínica Neuza Rocha

Endereço: Rua Professor Nogueira, 71 – São Gerardo, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3281-6291

Oftalmoclínica
Endereço: Av. Treze de Maio, 1806 – Fátima, Fortaleza – CE
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (85) 3206-3000

Prontoclínica

Endereço: Av. João Pessoa, 4408 – Damas, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3305-9000

Clínica Oftalmológica Hyder Carneiro – Provision
Endereço: R. Tibúrcio Cavalcante, 1904 – Aldeota, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 99616-7774

Sociedade de Assistência aos Cegos

Endereço: Av. Bezerra de Menezes, 892 – São Gerardo, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3206-6800

Oftalmolaser – Escola Cearense de Oftalmologia
Endereço: Av. Oliveira Paiva, 1599 – Cidade dos Funcionários, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 99618-3200

Santa Casa de Misericórdia de Sobral
Endereço: R. Antônio Crisóstomo de Melo, 919 – Centro, Sobral – CE, 62010-550
Horário: Aberto 24 horas
Telefone: (88) 3112-0400

IOB – Instituto de Olhos de Barbalha
Endereço: R. Sete de Setembro, 234 – Centro, Barbalha – CE
Telefone: (88) 3532-1105

Valvas Cardíacas

Hospital Dr. Carlos Alberto Studart Gomes

Hospital Regional Unimed Fortaleza

Banco de Tecido Ocular Humano

Banco de Olhos do Hospital Geral de Fortaleza

Banco de Olhos do Ceará (Fortaleza)

Banco de Olhos da Santa Casa de Misericórdia de Sobral

Banco de Sangue e Cordão Umbilical e Placentário

Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará – Hemoce
Endereço: Av. José Bastos, 3390 – Rodolfo Teófilo, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3101-2296

Laboratório de HLA

Hemoce

Centro de Pesquisas em Doenças Hepato Renais do Ceará
Endereço: Rua Monsenhor Furtado, 1438 / 103 – Rodolfo Teófilo, Fortaleza – CE
Telefone: (85) 3281-7470




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: