Indaiá 3

Evite e diminua os efeitos das comilanças nas festas de final de ano

Conversamos com superprofissionais e coletamos dicas práticas e que funcionam de verdade!

20 de dezembro de 2016

festa-de-final-de-anoA gente sabe que é difícil resistir as tentações e delícias que as festas de final de ano nos trazem. Por isso é preciso moderação pra não perder a linha e jogar fora todo o trabalho (dieta x treino) do ano! Para te ajudar conversamos com um supertime de profissionais – nutricionistas, nutrólogo e ortomolecular – e coletamos as melhores dicas do que você deve fazer antes e depois das festas para diminuir o impacto das comilanças e bebidas! Confere e anota tudo pra colocar em prática e chegar em 2017 com tudo!!!

 

Antes da festa

 

Você é daquelas que passa o dia “se guardando” para atacar a ceia? Não caia na ilusão que deve comer pouco ou ficar em jejum, para na ceia “comer de verdade”. Segundo a nutróloga, Dra. Clarissa Aguiar, isso só vai piorar a situação.

“Olha o que acontece quando você fica beliscando ao longo do dia: um pãozinho aqui, umas torradas ali, umas castanhas acolá, um pedaçinho de panetone… tudo isso vai elevando seu açúcar no sangue e consequentemente o pâncreas fica liberando insulina o tempo todo para tirar aquele açúcar da corrente sanguínea. Insulina em excesso faz com que você retenha mais água e sinta mais fome! Após um dia inteiro ativando esse hormônio, a consequência será uma fome fora do normal na ceia (devido a uma hipoglicemia). Cair a glicemia significa que você vai comer. E muito. Então, sai dessa! No dia da ceia, faça refeições saudáveis!”, explica a médica.

No dia faça um bom café da manhã, de preferência com gorduras saudáveis que lhe darão mais saciedade (ovos, abacate e castanhas, por exemplo). Almoce sempre com bastante legume, verdura e proteína de boa qualidade. E finalize o “pré-ceia” com um lanche reforçado, similar ao café da manhã, com proteinas e gorduras saudáveis. Dessa forma você chegará na ceia com o seu apetite controlado e desinchada. Aproveite a noite, não se prive! Momentos como este devem ser curtidos sem paranóias.

festa-fim-de-anoJá a nutricionista, Maryna Castro, tem uma dica especial pra quem curte uma bebida alcoólica nesses momentos. “Antes e durante o momento da festa e do consumo da bebida alcoólica escolhida, sugiro muita hidratação. O ideal é intercalar um copo da bebida alcoólica com um de água. Vai te ajudar a evitar os efeitos da desidratação que a bebida traz”, explica Maryna.

A nutricionista Morgana Rolim, alerta: É preciso melhorar a digestão para diminuir os estragos. E a dica dela é belo um shot de limão com água. “Com baixo índice glicêmico, rico em fitoquimicos e com bom estímulo de secreção pancreática e biliar, tomar um “shot” de limão com água (sem açúcar) antes das refeições maiores pode tornar a digestão mais eficiente”, alerta Morgana.

E se você é daquelas que prefere comer antes de sair de casa para evitar perder a linha na hora da ceia, a Dra. Maryna Landim, ortomolecular, tem uma receitinha que vai ser perfeita pra você. “Essa sopinha é super rápida e fácil de fazer. Ela é vegana, mas riquíssima em proteína. Além de forte, muito forte! Sopinha Popeye!”, brinca a médica.

 

Anota a receita:

 

Refogue no azeite com alho e cebola, o espinafre e o brócolis. Depois de refogados, bata no liquidificador com um pouco de água quente. Em seguida, leve novamente para a panela e acrescente: sal rosa, cúrcuma, mais azeite, gergelim, alecrim e pimenta (se gostar). A Cúrcuma é um excelente anti-inflamatorio e anti-oxidante, previne câncer e doenças crônicas e pode ser usado em tudo.

Sopinha pronta, estomago forrado e fortalecido, pode curtir a festa numa boa e quem sabe até beliscar os salgadinhos, mas agora com moderação, afinal, o corpo já esta satisfetito.

 

Depois da festa

 

E quanto ao pós-ceia? Como diminuir os efeitos do consumo de álcool e carboidratos refinados? Se você tiver seguido as dicas pré-ceia, provavelmente, não notará nenhum ou pouquíssimo prejuízo na balança. Mas calma! Não vamos te abandonar nesse momento. Também coletamos umas diquinhas para o dia seguinte da comilança.

Comece o dia da forma mais saudável possível. Vale repetir a dica do shot de limão da nutricionista Morgana Rolim. Em seguida, prepare um suco, dica da nutróloga Dra. Clarissa Aguiar, que irá auxiliar o seu metabolismo.

 

Anota a receita:

 

Bata em um liquidificador 1 folha de couve manteiga, 1 maçã, 1 limão, um pedaço de gengibre, hortelã e água gelada. Beba sem coar e sem adoçar.

“Durante o resto do dia procure comer o mais natural possível, incluindo legumes e verduras no almoço e jantar. Procure evitar levar os restos da ceia para o dia seguinte”, alerta a Dra. Clarissa.

Já a nutricionista Ticyana Falcão, lembra que o excesso de bebida alcoólica do dia anterior pode aumenta a diurese, induzindo a perda de sais minerais e a desidratação, implicando em dores de cabeça, mal-estar e fadiga. Por isso, manter uma boa hidratação melhora muito os sintomas de ressaca e mal-estar pós festas. “Você pode inclusive optar pela água de coco, que já ajuda a repor alguns nutrientes e amenizar de forma mais rápida o mal-estar”, sugere Ticyana.

A nutricionista ainda sugere a inclusão de chás ao longo do dia. “Todos os chás são super bem vindos, principalmente, o chá de boldo que ajuda a melhorar a função hepática que está um pouco comprometida depois da festa. Além disso, ele auxilia no bom funcionamento do aparelho digestivo, reduz gases, azia e constipação. Também tem um bom potencial antioxidante”, explica Ticyana.

 

Anota a receita:

 

cha-de-boldo

Chá de boldo

Chá de boldo – 2 colheres de sobremesa das folhas de boldo em 500ml de água fervida. Faça a infusão por 10 minutos e consuma essa porção da receita fracionada 2x ao dia.

A nutricionista Maryna Castro, também tem uma dica de chá que vai te ajudar a se recuperar depois da festa. “O gengibre tem propriedades: digestiva, carminativa (auxilia no combate à formação de gases), antiemética (alívio dos sintomas relacionados à enjoos, náuseas e vômitos), anti-inflamatória, antimutagênica, anticarcinogênica, expectorante e antifúngica”, explica Maryna.

 

Anota a receita:

 

cha-de-gengibre

Chá de gengibre

Chá de gengibre – 1 colher de sopa de gengibre ralado em 300 ml de água fervida. Fazer a infusão por 8 minutos, depois coar e beber.

Já a Dra. Maryna Landim, especialista em ortomolecular, traz a dica de um chazinho antioxidante, anti-inflamatorio e fortalecedor do nosso sistema imunológico. Uma excelente opção para tomar em jejum.

 

Anota a receita:

 

Chá de hortelão e gengibre

Chá de hortelão e gengibre

Chá de hortelã e gengibre – 1 ramo de hortelã, 1 ramo de alecrim, 1 pedaço pequeno de gengibre, cravo a gosto e casca de meio limão. Esquente a água e deixe descansar junto com os ingredientes, o tempo varia de acordo com a intensidade que você gostar. Ótimo ajudante na recuperação do seu organismo. Aprecie gelado ou quentinho!

Mas se você não é fã dos chás, calma! A nutricionista Morgana Rolim, tem a dica de um ingrediente que você pode acrescentar nas refeições do dia seguinte, que vai fazer toda a diferença! “Adicione couve na sua rotina alimentar. Crua ela pode ser adicionada no suco ou na salada. Além de ser fonte de vitaminas e minerais, contém componentes anti-inflamatórios e ajuda a eliminar as toxinas, auxiliando na detoxificação do organismo”, explica Morgana.

Pronto, munida de dicas para o pré e pós festança, não vai ter erro! É só curtir a noite entre os amigos e familiares e aproveitar as delícias típicas dessa época do ano. E o melhor, sem culpa!




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: