Banner Orgânico

Como a doença celíaca pode afetar a fertilidade

Entenda qual a relação entre os dois problemas

2 de abril de 2018
A infertilidade pode ser causada pela doença celíaca em mulheres e homens.

A infertilidade pode ser causada pela doença celíaca em mulheres e homens.

A intolerância ao glúten, também conhecida como Doença Celíaca, é uma doença inflamatória crônica causada por uma resposta imunológica do organismo ao consumo de alimentos com glúten, um tipo de proteína presente nas sementes de alimentos como o trigo, centeio e aveia. 

> Intolerância ao glúten: principais sintomas e tratamento
> Como a fertilidade de homens e mulheres é afetada pela alimentação
> Câncer: como a alimentação pode prevenir a doença
> Endometriose: saiba mais sobre essa doença silenciosa e devastadora

Os principais sintomas da doença são diarreia, vômito, perda de peso, dor abdominal, aumento de gases, sensação de inchaço e perda de apetite. Um outro problema que pode ser causado pela doença é a infertilidade. 

Entretanto, às vezes o quadro clínico não apresenta indícios bem definidos. Tanto a sensibilidade ao glúten como a doença celíaca são inflamatórias e podem se manifestar também com sintomas inespecíficos. A inflamação no intestino causada pela doença dificulta a absorção de minerais e afeta a imunidade do organismo. Isso pode fazer com que outros problemas de saúde tornem-se constantes, inclusive relacionados à fertilidade e, assim, identifique uma possível intolerância ou sensibilidade ao glúten, como uma gripe que vem e volta. 

Qual a diferença entre doença celíaca e sensibilidade ao glúten?

Segundo o clínico geral e especialista em medicina ortomolecular Dr. Lucas Teixeira, “A doença celíaca é autoimune e reage contra as moléculas do glúten, apresentando anticorpos positivos. Já a sensibilidade ao glúten não tem anticorpos positivos, não é tão evidente. Mas também apresenta reação inflamatória, sensibilidade alimentar e baixa a imunidade”. ⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

Doença celíaca e infertilidade

A relação entre os dois problemas pode afetar a fertilidade masculina e feminina. Um artigo publicado em 2011 pelo Jornal de Pesquisas Ginecológicas e Obstétricas da Sociedade Japonesa de Ginecologia e Obstetrícia buscou determinar a prevalência da doença celíaca entre casais com infertilidade inexplicada. Segundo os resultados do estudo, existe uma maior predominância da doença em pessoas inférteis do que em pessoas férteis.

“A explicação é simples: a partir do momento que um processo inflamatório afeta o intestino, toda a digestão e absorção de nutrientes será dificultada. Isso prejudica a imunidade, a formação hormonal no organismo e, consequentemente, a fertilidade”, explica o clínico. 

Homens que apresentam a doença celíaca ou sensibilidade ao glúten podem ter disfunção gonadal (problema no funcionamento das gônadas, glândulas dos aparelhos reprodutivos, no caso masculino, testículos) o que poderia levar a problemas de fertilidade.

A doença celíaca pode causar aborto espontâneo?

“Existe uma relação sim. Tem sido demonstrado que, em mulheres com doença celíaca não tratada, a taxa de aborto espontâneo é de 8 a 9 vezes maior que em mulheres que não têm a doença. Toda vez que você tem uma doença inflamatória no intestino, a ingestão de vitaminas e minerais é prejudicada. Por conta disso a mulher não consegue manter o crescimento fetal, ou a própria gestante não consegue manter a gravidez”, afirma o médico.

Serviço

Dr. Lucas Teixeira 
Nutrição Metabólica e Modulação Hormonal
Endereço: Av. Engenheiro Santana Júnior, 3000 – Edifício Central Park (salas 503 e 504)
Telefone: (85) 98697-9009




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: