Indaiá 3

Chá de hibisco não é indicado para gestantes ou mulheres que querem engravidar, segundo nutricionista

O queridinho da galera fitness não é a melhor opção para gestantes

12 de fevereiro de 2016
FOTO: Reprodução

FOTO: Reprodução

O chá de hibisco é um excelente aliado da boa forma, afinal, não é pra menos que ele virou “queridinho” da galera fitness e até das famosas. Conhecido por ajudar a combater as gordurinhas do abdome e dos quadris, a bebida, no entanto, não é recomendada para as gravidinhas ou para mulheres que estão tentando ter filhos.

> Chá de hibisco combate acúmulo de gordura na barriga e nos quadris
> Infertilidade sem causa aparente? Pode ser o glúten!
> Novo vegetal combate o diabetes e melhora a fertilidade

Uma leitora de Saúde Fortaleza, Cláudia Veras, enviou uma pergunta sobre esse tema e nossa equipe foi atrás da nutricionista Juliana Barros para responder.

claudia
Segundo a profissional, o chá pode diminuir os níveis de progesterona, hormônio que participa da preparação do endométrio para a implantação do óvulo fecundado na parede do útero e sustenta esse endométrio até o final da gravidez. “Não é correto afirmar que o chá de hibisco cause infertilidade, mas para quem está se preparando para engravidar ou já está esperando um bebê, aí sim não seria indicado já que pode diminuir os níveis desse hormônio que é importante para manter a gestação”, explica.

Hibisco ajuda na manutenção da saúde

Se você não pensa em ter filhos e nem está grávida, o chá é mais do que indicado. De acordo com a nutricionista Morgana Rolim, ele é rico em substâncias antioxidantes, que promovem diversos efeitos positivos, como a ação diurética (impede a retenção de líquidos), ajuda a aumentar o colesterol bom (HDL), a diminuir o colesterol ruim (LDL), triglicerídeos e a pressão arterial. Além disso, é possível encontrar vitaminas A, B1, B2, C e Ferro.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: