Indaiá 3

Troque o adoçante pelo açúcar

Vale até para o diabético

22 de setembro de 2014

Adoçantes-naturais-e-artificiaisPesquisa recente israelense publicada na revista científica Nature e veiculada no programa semanal da Rede Globo Fantástico associou a sacarina e a sucralose ao desenvolvimento do diabetes. E a polêmica tem dado o que falar. Afinal, devemos abandonar o nosso adoçante de cada dia? O açúcar voltaria a ser saída? A resposta certa é ter cautela.

Todo adoçante estimula o desejo por doce. Isso porque ele treina o paladar da pessoa para que ela tenha cada vez mais vontade de comer alimentos doces.

Segundo a nutricionista Mirella Freire, de Fortaleza, quanto maior o poder de doçura do adoçante, mais o corpo “pede doce”. Isso porque o adoçante ativa receptores na região intestinal.

A nutricionista indica adoçantes naturais, que geralmente têm poder de doçura mais controlado: stévia, taumatina e xylitol, pois o impacto no organismo é menor. “O ideal seria não adoçar e aprender a sentir o sabor natural dos alimentos”, afirma. Apesar de não existir uma regra que orienta quantas gotas deve-se colocar na bebida, o ideal é não abusar. E se for adoçar com açúcar, o mais indicado é procurar os naturais, como o  mascavo, de côco ou demerara.

Açúcar mascavo: é a forma mais bruta do açúcar, pois ele não passa por processo de refinamento. Esse tipo de açúcar preserva os nutrientes da cana, é rico em vitaminas, minerais, além de funcionar como um prebiótico, ajudando a alimentar as bactérias boas do intestino.

Brown-sugar-scoop-B

Açúcar de côco: é um açúcar orgânico com baixo índice glicêmico que pode até mesmo ser consumido por diabéticos. Também é rico em nutrientes e é 100% natural, sem conservantes.

acucar-de-coco

Açúcar demerara: de cor marrom claro, ele fica entre o mascavo e o de côco. É um pouco mais processado que o mascavo. Tem uma clor mais clara, o que permite ser usado em preparações que a cor do mascavo não seria apropriada. Por exemplo, em uma limonada, não altera a cor da solução. A versão dele orgânica é ainda mais saudável.

Captura de tela 2014-09-22 às 14.51.27

Se você é daqueles que não suporta o sabor do adoçante stévia por ser mais amargo, a nutricionista dá uma dica de como disfarçar esse sabor. “Preparar um mix de açúcar mascavo com stévia em pó em um recipiente ajuda a aliviar o gosto do stévia e é uma boa alternativa”, afirma. Quanto mais escuro é o açúcar, menos processado ele é, e mais benéfico para a saúde ele também será.

Então, meninas, vamos aprender a reduzir as gotinhas de adoçante e as colheres de açúcar no suco e no cafezinho e conhecer o verdadeiro sabor dos alimentos, sem adoçar!

Captura de tela 2014-09-22 às 11.22.20
 
Serviço:
Mirella Freire
Nutricionista
Nutriclinic Funcional
Rua Santos Dumont nº 5753 (Torre Saúde)
Contato: (85) 30811870/ 86018886



QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: