Banner Nossa Fruta – Sabores Especiais

Dia Mundial da Saúde Ocular alerta sobre a importância do cuidado com os olhos

A oftalmologista Pollyanna Landim afirma que, atualmente, as principais causas para a cegueira são catarata e glaucoma

10 de julho de 2019
A oftalmologista Pollyanna Landim relata os cuidados que devemos ter com a visão.

Dia Mundial da Saúde Ocular – A oftalmologista Pollyanna Landim relata os cuidados que devemos ter com a visão.

Estatística da OMS (Organização Mundial de Saúde) traz que, aproximadamente, 285 milhões de pessoas no mundo vivem com baixa visão ou cegueira, na tentativa de levar informação sobre prevenção, tratamento e cuidados, anualmente, acontece a cada dia 10 de julho o Dia Mundial da Saúde Ocular.

No Brasil, o Conselho Brasileiro de Oftalmologia diz que no país há cerca de 1,2 milhão de cegos. Para a OMS, 60% dos de casos de cegueira poderia ter sido evitado ou tratado se tivessem recebido diagnóstico e tratamento apropriado a tempo. A oftalmologista Pollyanna Landim afirma que, atualmente, as principais causas para a cegueira são catarata e glaucoma. De acordo com a especialista, as consultas regulares vão além de verificar se há dificuldade na visão.

> Os principais acessórios para potencializar o treino de Pilates
> Junho Violeta: campanha informa riscos do hábito de “esfregar os olhos”

> Bio Mundo inaugura primeira loja no Ceará 

> Jericoacoara recebe primeira competição de crossfit 
> Crossfit requer dieta especial para otimizar os resultados

SAÚDE OCULAR – PRINCIPAIS CUIDADOS:

Além das consultas periódicas, há uma série de cuidados com a visão elencados pela médica, dentre eles:

  • evitar coçar a região dos olhos,
  • evitar o uso excessivo de colírios e não utilizar medicamento por conta própria
  • sempre limpar a região dos olhos
  • usar protetor ocular em situações de risco
  • não utilizar óculos de grau que fujam à indicação
  • não dormir com maquiagem

“Os encontros periódicos são extremamente importantes para descobrir outras doenças mais sérias, que nem sempre são percebidas pelos pacientes. O cuidado precisa começar cedo, ainda na maternidade com o famoso teste do olhinho, capaz de verificar se há alguma alteração no olho devido a catarata congênita, alterações nas córneas ou retina”, destaca Pollyanna.

De acordo com a Conselho Brasileiro de Oftalmologia é importante consultar um MÉ

regularmente para evitar doenças oculares que normalmente são silenciosas.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: