Banner animado assembleia abril

Coronavírus no Brasil: tire suas dúvidas sobre a doença

Dois casos já estão confirmados no país

3 de março de 2020
132 casos suspeitos de Coronavírus estão sendo monitorados pelo Ministério da Saúde.

132 casos suspeitos de Coronavírus estão sendo monitorados pelo Ministério da Saúde.

[Coronavírus] Diante do crescimento do número de casos de Coronavírus (COVID-19) no mundo, o acesso à informação tornou-se um grande diferencial no combate à propagação da doença, que já acumula 132 ocorrências suspeitas no Brasil sendo monitoradas pelo Ministério da Saúde e 2 confirmadas no estado de São Paulo.

> Hospital realiza primeira radiocirurgia no Ceará

> Como a doença celíaca pode afetar a fertilidade 

> Intolerância ao glúten: principais sintomas e tratamento

> Como a fertilidade de homens e mulheres é afetada pela alimentação

O vírus SARS-CoV-2, novo tipo de agente causador do Coronavírus, foi descoberto no final de 2019 na China, causando infecções respiratórias e ocasionando sintomas como febre, tosse e dificuldade para respirar.

Segundo o Ministério da Saúde, as investigações sobre as formas de transmissão ainda estão sendo estudadas. Porém, a população deve estar em estado de alerta diante do contato com pessoas que apresentem os principais sintomas da doença, por meio de gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, toque ou aperto de mão, além de contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido do toque à boca, nariz ou olhos. Em caso de aparecimento desses sinais, é necessário procurar uma unidade de saúde.

Coronavírus:

No dia a dia, alguns hábitos podem ajudar na prevenção, como:

Lavar as mãos com água e sabonete (na falta, optar por desinfetante para as mãos à base de álcool) por pelo menos 20 segundos;
Evitar encostar nos olhos, nariz e boca sem higienizar as mãos;
Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar;
Limpar objetos e superfícies tocados com frequência.

Confira etiquetas de higiene e evite o contágio:


De acordo com o Ministério da Saúde, ainda não existe tratamento específico para o Coronavírus. Nesse caso, é indicado repouso e consumo de bastante água, além de medidas como uso de medicamentos para aliviar os sintomas. A internação ou isolamento domiciliar são medidas determinadas pela equipe médica.

CUIDADO COM AS FAKE NEWS

Ao informar-se sobre formas de propagação e tratamento do Coronavírus, é importante ter atenção à procedência dos dados que estão sendo veiculados. Por isso, preparamos uma lista de mitos e verdades sobre a doença.

Alimentos como chá, mel ou uísque podem prevenir o Coronavírus?
FALSO! – Segundo o Ministério da Saúde, até o momento, não há nenhum medicamento, substância, vitamina ou alimento específico que possa prevenir a infecção.

Posso transmitir o Coronavírus mesmo sem apresentar sintomas?
VERDADEIRO! – Dados preliminares do SARS-CoV-2, divulgados pelo Ministério da Saúde, sugerem que a transmissão pode ocorrer mesmo sem o aparecimento de sinais e sintomas. Porém, até o momento, não há informações concretas sobre quantos dias anteriores ao início dos sintomas a pessoa infectada passa a transmitir o vírus.

O ar do plástico bolha vindo da China traz o Coronavírus?
FALSO! – De acordo com o Ministério da Saúde, não há evidências de que produtos enviados da China para o Brasil tragam o novo coronavírus, já que, geralmente, ele não sobrevive mais de 24 horas fora do organismo humano ou de algum animal.

O Coronavírus foi criado em laboratório e é semelhante ao vírus HIV?
FALSO! – O Ministério da Saúde esclarece que não há registros científicos que comprovem essas informações.

Serviço:

Ministério da Saúde
https://saude.gov.br

Secretaria de Saúde do Estado do Ceará
https://saude.ce.gov.br
(85) 3101.5223




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: