Banner Orgânico

Carboidrato: vilão ou aliado?

Vilão ao aliado? Com tantas estratégias alimentares, surgem algumas dúvidas, e uma delas é: todos os carboidratos são ruins? 

31 de janeiro de 2018
Carboidratos

Carboidratos do bem

Carboidratos: vilão ou aliado? Com tantas estratégias alimentares, surgem algumas dúvidas, e uma delas é: todos os carboidratos são ruins?

Claro que não! Mas tudo depende dos seus objetivos e necessidades, vamos falar um pouquinho sobre a batata-doce? Ela que é a primeira a será lembrada quando se fala em ganho de massa magra, mas você sabe porque? Vamos ver seus benefícios e no fim tem uma receitinha!

A batata doce contêm Ômega 3, ácidos graxos, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco e vitaminas A, B, C, K e E. Ela é considerada uma excelente fonte de compostos naturais que trazem muitos benefícios à saúde conhecidos como betacaroteno e antocianina.

O betacaroteno é conhecido por reduzir o risco de várias doenças crônicas, incluindo câncer, doenças cardiovasculares, degeneração da retina relacionada à idade, e catarata. A antocianina é um pigmento natural que fornece benefícios anti-inflamatórios para a pele. As vitaminas A, B e C têm propriedades antioxidantes que ajudam no combate contra os danos causados por radicais livres.

> O que colocar na lancheira da criançada

> Beleza: os melhores encapsulados para você ficar linda

> Hábitos ruins que causam prisão de ventre

Uma batata doce de tamanho médio contém mais do que a necessidade diária de ingestão de vitamina A de um adulto, quase um terço da vitamina C, quase 15% de sua ingestão diária de fibras e 10% do potássio necessário.

Carboidratos: coadjuvante no ganho de massa muscular

A batata doce está entre os alimentos preferidos dos atletas e fisiculturistas juntamente com outras fontes de carboidratos saudáveis, que são fontes de energia para potencializar o treino e utilizados como estratégias de hipertrofia muscular.

A batata doce também contem fibras e potássio. As fibras são essenciais para ajudar a controlar o apetite, queimar gorduras, manter uma digestão saudável e reconstruir os músculos. O potássio, por sua vez, é um mineral que desempenha um grande papel no controle muscular, equilíbrio de eletrólitos e nas funções nervosas.

Atletas e outras pessoas envolvidas no treinamento intenso geralmente precisam de mais potássio do que uma pessoa sedentária.

Fisiculturistas geralmente preferem ingerir batata doce ao invés da batata inglesa, porque seus carboidratos são consumidos de forma mais lenta durante a digestão, mantendo o nível de energia por mais tempo. Outro diferencial é que as batatas brancas têm índice glicêmico um pouco mais alto e, por isso, desencadeiam uma maior liberação de insulina.

Embora ao longo dos treinos seja desejado o aumento de insulina, que é um hormônio altamente anabólico, tenta-se evitar um pico na sua elevação em outros momentos do dia. Prefira cozinhar a batata e que ela mantenha o sabor, coloque a batata-doce cortada já em água fervente! Nunca em água fria!

Agora vamos fazer um docinho com a batata-doce?!

Brownie de Batata-doce 

Brownie de batata doce

Brownie de batata doce

Receita:

– 100g de batata-doce cozida

– 20g de aveia (flocos finos)

– 3g de óleo de coco

– 10g de chia

– cacau em pó @maeterraoficial

– extrato de baunilha tem na @terramadrefortaleza

– 1 cc de bicarbonato de sódio

– 1 ovo

No processador bata a batata-doce (de preferência ainda quente) junto com o óleo de coco até que forme um purê, junte os outros ingredientes, deixando por último o bicarbonato. Leve ao forno (180º) por mais ou menos 30 min.

Espero que gostem!

Consulte o seu nutricionista e/ou médico antes de tomar qualquer tipo de suplemento, ou estratégia alimentar, principalmente se sofre de alguma doença ou toma medicação regularmente.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: