Indaiá 3

Como melhorar o rendimento escolar do seu filho

Saiba como incentivar a criança a estudar

19 de junho de 2018
rendimento escolar

Os pais são fundamentais na hora de incentivar o rendimento escolar

Rendimento escolar. Uma preocupação constante dos pais é o desempenho dos filhos na escola. É comum que tenham cobranças com notas e comportamento. No entanto, é necessário saber como lidar com isso corretamente para não atrapalhar ao invés de ajudar.

Segundo a psicóloga e especialista em intervenção sistêmica familiar, Déborha Coelho, é necessário que exista uma base familiar complementar à escolarização. “Educação é um termo bem amplo e vai para além da escola. Dentro da educação os pais passam valores, hierarquias e limites para os filhos. Tudo isso você repassa por meio de uma rotina organizada, estabelecendo regras”, afirma.

Comportamento

A atenção para a conduta da criança deve ser observada dentro e fora da escola. “A parceria entre pais, escola e criança ou adolescente é fundamental. É necessário que exista muito diálogo. É por meio dessa troca de informações que muitas vezes as questões cognitivas e os transtornos são mais comumente observáveis na escola. As crianças precisam desse acompanhamento, ainda que a autonomia seja estimulada”, explica Déborha.

> Castanha-do-Pará: vilã ou aliada na dieta?
> Antes e Depois: menos 27 kg com ajuda da natação
> Como lidar com o excesso de tecnologia na vida das crianças

Para aumentar a concentração

Algumas medidas simples podem ajudar a criança a se concentrar melhor nas aulas. “Além da rotina bem estabelecida, é importante estar atento ao ambiente de estudo. É importante ter um espaço separado para dormir e outro para estudar, mesmo que sejam no mesmo cômodo. Principalmente quando se trata de crianças mais novas, o ambiente de estudo não deve ter muito estímulo visual, devem ser mais limpos. Isso ajuda na concentração”, indica a psicóloga.

Déborha alerta ainda para o controle da tecnologia na vida das crianças. “Outra questão muito importante é o celular. A internet pode agregar bastante, mas pode dificultar o processo de aprendizado quando usada em exagero e sem supervisão”.

Sem pressão!

É possível cobrar boas notas de uma forma saudável. “Os bons resultados escolares são reflexo de uma rotina de estudos bem estabelecida. A partir do momento que exista isso, consequentemente não será necessária pressão”, aponta a psicóloga.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: