Greenlife agosto

Hospitais do Governo do Ceará precisam de doações de leite materno

Os agendamentos para doação de leite humano podem ser realizados por telefone

10 de abril de 2020
Os agendamentos para doação de leite materno podem ser feitas por telefone

Os agendamentos para doação de leite materno podem ser feitas por telefone

Durante a pandemia do novo coronavírus, os hospitais do Governo do Ceará estão necessitando de doações de leite materno, essenciais para diminuir o tempo de internação e ajudar na recuperação dos bebês.

Para doar, basta estar amamentando, ser saudável, não fumar, não ingerir álcool ou drogas e não tomar medicamentos que interfiram na amamentação.

> Grávidas e coronavírus: como se proteger?
> China registra primeiro recém-nascido com anticorpos para o Covid-19

Como doar

No Hospital Infantil Albert Sabin (HIAS), 34 pacientes dependem da doação de leite materno. O agendamento pode ser feito por telefone e o recolhimento do material pode ser feito na própria residência. A recomendação é que as doadoras utilizem seus próprios frascos de vidro com tampa de plástico, devidamente esterilizados.

Telefone: 0800.280.4169 ou (85) 3101.4189

O Hospital Geral de Fortaleza (HGF) está intensificando o contato com as doadoras para não haver desabastecimento. A coleta é realizada de forma domiciliar. A solicitação da doação também é feita por telefone, de segunda a sexta-feira.

Telefone: (85) 3101.3335

O Hospital Regional Norte necessita de 40 litros de leite por mês para atender os bebês do centro de neonatologia. Com a pandemia, houve uma diminuição considerável do estoque de leite materno. A equipe da unidade realiza visitas domiciliares para coleta. O agendamento é feito por telefone.

Telefone: 3677.9467

Medidas de segurança

Para garantir a segurança da mãe doadora e do material que está sendo recolhido, são adotadas algumas medidas, segundo a coordenadora do banco de leite do Hospital Geral Dr. César Cals, Rejane Santana. Confira:

  • Antes da retirada do leite, a mãe precisa lavar as mãos;
  • É necessário utilizar um pano limpo durante o processo;
  • Evitar falar na hora da retirada do leite;
  • Pedir para que ninguém entre no ambiente;
  • Utilize máscaras e evite pegar no rosto, boca ou olhos quando estive fazendo a coleta, por conta do novo coronavírus;

Os recipientes usados para armazenar o leite devem ser higienizados conforme a orientação das equipes das unidades. A caixa térmica de transporte é higienizada antes de sair para a casa da doadora e ao retornar ao banco. Após essa etapa, o leite doado passa por um rigoroso controle de qualidade, que inclui testes laboratoriais e pasteurização.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: