São Luiz RioMar

Ginecologista esclarece as 7 dúvidas mais frequentes sobre anticoncepcionais

Confira!

28 de abril de 2016
FOTO: Divulgação

FOTO: Divulgação

Usado por boa parte das mulheres, os anticoncepcionais são usados para o tratamento de sangramentos irregulares, cólicas menstruais, TPM, diminuição do fluxo menstrual, endometriose, síndrome dos ovários policísticos, entre outras patologias, além, claro, como método contraceptivo. Porém, sempre há muitas dúvidas a respeito das pílulas. Nossa equipe procurou a ginecologista Dra. Denise Vasconcelos, de Fortaleza, para esclarecer as mais frequentes.

> Anticoncepcional dá celulite?
> Coletor menstrual: alternativa saudável e ecologicamente correta
> Ciclo menstrual x treino

1 – Qual a melhor pílula para mim?

Muitos fatores devem ser avaliados antes de escolher o melhor método anticoncepcional, desde antecedentes pessoais, como hipertensão arterial, tabagismo, até fatores como cólicas, inchaço. Por isso, cada pessoa deve recorrer ao ginecologista para escolher o anticoncepcional e não tomar por conta própria.

Veja alguns tipos que existem no mercado:

Pílula Monofásica

Ela tem em sua fórmula estrogênio e progesterona com a mesma dosagem. É o mais conhecido pelas mulheres.

Minipílula

A minipílula ou pílula sem estrogênio possui em sua base somente progesterona. É a pílula indicada para mulheres que estão amamentando e querem evitar uma nova gravidez.

Pílula Multifásica

Essa tem combinação de hormônios com diferentes dosagens conforme a fase do ciclo reprodutivo. Essas pílulas causam menos efeitos colaterais e possuem cores diferentes, para diferenciar a dosagem e o ciclo.

2 – Quando iniciar uma cartela de pílula pela primeira vez?

A pílula é uma medicação e como tal só deve ser tomada sob orientação médica. Em geral, iniciamos qualquer método na primeira fase do ciclo, quando a mulher menstrua, assim temos uma garantia que ela não está grávida.

3 – E se eu esquecer de tomar um dia?

As pílulas devem ser tomadas sempre no mesmo horário. Caso haja esquecimento, deve tomar a pílula mesmo assim, mas é preciso manter outro método como preservativo até inicio da próxima cartela. Sempre leia a bula atentamente antes de iniciar. Cada uma tem um esquema em caso de esquecimento.

4 – É verdade que é necessário parar a pílula de tempos em tempos para o organismo descansar?

Não. Mas é preciso fazer acompanhamento médico a cada 6 meses, pois trata-se de medicação.

5 – Faz mal usar a pílula anticoncepcional sem menstruação?

Não faz mal se a paciente tiver um controle regular pelo seu ginecologista.

6 – Anticoncepcional mancha a pele?

Depende. Alguns anticoncepcionais cuja dosagem de estrogênio é alta, podem levar a manchas de pele, principalmente na região da face, se exposta ao sol sem fotoproteção adequada.

7 – Anticoncepcional é bom para crescimento de cabelo?

Alguns tipos de anticoncepcionais tem ação anti androgênica, o que faz melhorar a oleosidade dos cabelos e também diminui a sua queda. Mas não são todos que possuem essas propriedades.

Colaboração

Dra. Denise Vasconcelos
Ginecologista e Obstetra

Serviço

Rua José Vilar, 1541, Meireles
Contato: (85) 3262.2353




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU: