Indaiá 3

Gengibre: vilão ou aliado?

Por ter efeito termogênico, a raiz medicinal é bastante usada em dietas de emagrecimento.

17 de abril de 2018
gengibre

gengibre

O gengibre é um dos principais temperos usados na gastronomia em todo o mundo. Por ter efeito termogênico, a raiz medicinal é bastante usada em dietas de emagrecimento.

Gengibre como aliado

O gengibre é rico em magnésio, potássio, cálcio e vitamina B6. Para ser considerado aliado, a recomendação de consumo diário é de até 10g de raiz fresca ou 5g se for em pó.

PREVINE ALERGIAS, GRIPES E RESFRIADOS

Ele promove a contração das vias aéreas e estimula a secreção de muco.

DICA: GENGIBRE + MEL ALIVIA TOSSE E DOR DE GARGANTA.

ACELERA A QUEIMA DE CALORIAS

Auxilia na digestão de alimentos e promove a queima de gorduras e de liberação de toxinas pelo organismo. Além disso, funciona como inibidor de apetite ao dar uma sensação de saciedade.

ALIVIA A DOR MUSCULAR

O consumo moderado diário de gengibre ajuda a reduzir a dor muscular após exercícios físicos pesados, atuando como um analgésico natural. Diminui também as dores no corpo causadas por doenças, dores articulares e até cólicas menstruais.

CONTROLE DA PRESSÃO ARTERIAL

As propriedades presentes no gengibre ajudam a diminuir o nível de colesterol. Além disso, melhoram o fluxo sanguíneo, o que evita o aumento da pressão arterial.

ALIADO NO COMBATE AO CÂNCER

De acordo com uma pesquisa feita pela Universidade de Minnesota, o gengibre tem moléculas chamadas gingeróis que podem inibir o crescimento de células de câncer colorretal em humanos. Além disso, o consumo moderado do extrato de gengibre é apontado como forte aliado contra a progressão do câncer da próstata.

Gengibre como vilão

Apesar dos benefícios, o gengibre também apresenta contraindicações. Conversamos com a nutricionista esportiva e funcional, Andressa Fontes, sobre os cuidados com o consumo da planta. “Devido ao seu efeito termogênico o consumo dessa raiz pode não ser indicado para algumas pessoas. Sempre deve-se respeitar a individualidade de cada um, mesmo se tratando de um alimento, por isso é fundamental o acompanhamento de um profissional”, alerta.

O GENGIBRE NÃO É RECOMENDADO PARA:

Pessoas hipertensas
Pois pode causar o efeito contrário e provocar uma queda significativa da pressão arterial.

Mulheres na menopausa
Por conta do aumento da temperatura corporal.

Pacientes com distúrbios hemorrágicos
A raiz provoca a redução da taxa de coagulação sanguínea.

Dica da Nutri:
“A melhor forma caseira de extrair esse composto (gingerol) é na forma de chá. O preparo deve ser por decocção, ou seja, ferver a raiz por 10 a 20 minutos. Mas você pode adicionar a raiz a sucos, cremes, purês e refogar com legumes”, recomenda Andressa.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: