Banner São Luiz – Miguel Dias

O mar como espaço de vida saudável

Tá estressado? Pratique esportes aquáticos!

13 de maio de 2019
Kaline Macedo ama fazer Stand Up Paddle (SUP) e seu point preferido é na Kayakeria, espaço que além do serviço de aluguel de pranchas e aulas de SUP também oferece passeios de canoa havaiana.

Kaline Macedo ama fazer Stand Up Paddle (SUP) e seu point preferido é na Kayakeria, espaço que além do serviço de aluguel de pranchas e aulas de SUP também oferece passeios de canoa havaiana.

Esportes aquáticos. O mar tem o poder de contribuir para o bem-estar e qualidade de vida das pessoas. Estudos científicos comprovam o que há milhares de anos é vivenciado ao redor das cidades litorâneas: pessoas que vivem próximo ao mar são mais felizes.

> Inscrições abertas para o II Festival de Esportes Aquáticos de Icaraizinho de Amontada
> Greenlife Academias realiza “Semana da Saúde”
> Edith Gomes: estilo de vida saudável não sai de moda
> Alimentação saudável: delivery exclusivo de salada se destaca em Fortaleza

As modalidades de esportes aquáticos como Kitesurf, Surf e Stand Up Paddle são ótimas formas para se desestressar. Além disso, os esportes aquáticos proporcionam um maior contato com a natureza e a integração entre os seus praticantes, além de potencializar o condicionamento físico.

Academia ao ar livre: benefícios dos esportes aquáticos
  • Ajuda a esquecer o stress do dia-a-dia
  • Melhora a coordenação motora e a agilidade
  • Ajuda no trabalho de cardio
  • Fortalece os músculos
  • Desenvolve maior equilíbrio
  • Fortalecimento e tonificação dos músculos das pernas, braços, abdômen e glúteos
Daniela veleja há dois anos e encontrou no mar uma forma de se exercitar e relaxar.

Daniela veleja há dois anos e encontrou no mar uma forma de se exercitar e relaxar.

Além de saúde, a dentista Daniele Miranda, praticante de kitesurf, encontrou também nos esportes aquáticos satisfação pessoal. “Na hora do velejo, qualquer sentimento negativo desaparece e fica a sensação de bem estar pleno. A satisfação pessoal e a alegria tomam de conta, somados a energia que o mar proporciona. A cada evolução na prática do esporte, me sinto abençoada. Hoje não consigo imaginar minha vida sem ir para o mar”, conta a dentista.

> Uma a cada 10 mulheres é portadora de endometriose no Brasil, aponta Ministério da Saúde
> Unimed Ceará exibe Exposição “Amor que inspira” em homenagem ao Dia das Mães

A arquiteta Raquel Lessa defende o surf como estilo de vida e reforça: "com o surf eu consigo me desconectar do mundo. No mar eu consigo ter uma noção maior da grandeza da natureza e consigo me conectar com coisas boas".

A arquiteta Raquel Lessa defende o surf como estilo de vida e reforça: “com o surf eu consigo me desconectar do mundo. No mar eu consigo ter uma noção maior da grandeza da natureza e consigo me conectar com coisas boas”.

 

Dica esperta!
Olga pratica kitesurf e sempre que faz downwind garante sua hidratação dentro e fora d'água.

Olga pratica kitesurf e sempre que faz downwind garante sua hidratação dentro e fora d’água.

 

A nutricionista Olga Eveline é praticante de kitesurf e dá dicas sobre nutrição para a turma dos esportes aquáticos.

A principal dica é a hidratação. “Muitos praticantes esquecem de se hidratar e acabam tendo câimbras que podem se tornar perigosas quando se estar no mar”,  alerta a nutricionista.

> Inscrições abertas para o IV Congresso Multidisciplinar de Saúde da UNINASSAU
> Dia Mundial de Combate à Meningite: Ceará já registrou 52 casos da doença em 2019

Além disso, Olga aponta a importância de se alimentar pelo menos uma hora antes de entrar no mar. “A Banana é um alimento prático e uma ótima opção para pré-treino. O açaí também é uma boa fonte de energia, mas lembre de não exagerar na granola. Já para o pós-treino, a nutricionista recomenda uma refeição mais completa contendo todos os macronutrientes”, indica.

Exemplo: Uma tapioca de frango com azeite, um sanduíche de carne ou um peixe grelhado com salada.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: