câmara julho

Covid-19: Governo do Ceará alerta para possível interrupção de retomada de atividades

Segundo Camilo, índices de casos confirmados e óbitos por Covid-19 podem voltar a aumentar caso aglomerações e uso inadequado da vacina persistam no Estado

27 de julho de 2020
covid-19

Foto: Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa)

Reabertura de atividades pode ser interrompida se índices relacionados a casos e óbitos de Covid-19 voltem a subir no Estado do Ceará. O alerta foi feito pelo governador Camilo Santana, no último domingo (26), pelas redes sociais.

Na publicação, o governador apontou “aglomerações injustificáveis e casos de desrespeito ao uso de máscara na capital e no interior” e reforçou “o enfrentamento à pandemia é responsabilidade de todos nós. Estamos conseguindo vencer, mas a luta ainda não terminou. Faço um apelo ao bom senso de todos os cearenses”.

> Fortaleza chega à quarta fase do plano de reabertura de atividades

> Brasil ultrapassa marca de 2 milhões de infectados por Covid-19

> Grávida com Covid-19 tem parto prematuro e encontra filha após 46 dias

Os dados da plataforma IntegraSUS apontam que a quantidade de óbitos encontra-se em queda no Estado desde o dia 22 de julho. Segundo a ferramenta, este final de semana, foram 2 mortes registradas no sábado (25) e 2 no domingo (26). Mesmo assim, o governo e as autoridades de saúde pedem cautela e respeito ao às medidas de distanciamento social.

No entanto, o fim de semana foi marcado por aglomerações em shoppings e, principalmente, em praias. O trecho da Praia de Iracema conhecido como “Praia dos Crushs” recebeu intervenção da Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) pela grande quantidade de pessoas no mesmo espaço e muitas sem fazerem o uso das máscaras de proteção.

Covid-19 no Ceará

Na última atualização da plataforma IntegraSUS, feita nesta segunda-feira, 27, às 9h08, são 162.372 casos confirmados de Covid-19 no Ceará e 7.496 óbitos pela doença. Além disso, 136.404 casos foram registrados como recuperados.

A capital encontra-se na quarta fase do Plano Responsável de Abertura das Atividades Econômicas e Comportamentais do Governo do Ceará, apesar de contar com algumas restrições, como a suspensão de atividades em bares, cinemas e teatros e aulas presenciais em escolas e universidades.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: