BANNER ASSEMBLEIA – ABRIL 2019

Câncer: número de casos podem passar de 1 milhão este ano

Adoção de hábitos alimentares mais saudáveis podem ajudar a prevenir a doença

8 de abril de 2019

Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que, anualmente, sejam diagnosticados mais de 12 milhões de casos de câncer em todo mundo. De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto Nacional de Câncer (INCA), a expectativa é que cerca de 1,2 milhão de novos casos da doença surjam no Brasil até 2019.

O estudo aponta ainda que a cada 10 casos, três estão relacionados ao estilo de vida que as pessoas levam. Hábitos como fumar, consumo de álcool, sedentarismo, obesidade e exposição excessiva ao sol aumentam os níveis de incidência do câncer.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a enfermidade mata cerca de 8,3 milhões de pessoas por ano no mundo. A alimentação inadequada é classificada como uma das principais causas, responsável por até 20% dos casos da doença nos países em desenvolvimento.

> 10 Razões imprescindíveis para optar por alimentos orgânicos

> Câncer: como a alimentação pode prevenir a doença

Segundo a médica ortomolecular Maryna Landim, é possível prevenir a doença justamente a partir da mudança desses hábitos nocivos. “O câncer tem sido a doença mais temida do mundo, mesmo sendo simples preveni-la. Primeiramente, não temos que tratá-lo como uma doença localizada, e sim cuidar e tratar o paciente como um todo”, aponta.

Maryna elenca quatro elementos que proporcionam o desenvolvimento da doença: desequilíbrios emocionais, desnutrição, intoxicações e fatores genéticos. “Precisamos evitar estresses, é essencial para manter o equilíbrio da saúde. Quanto à desnutrição, é preciso atentar para o que está comendo. Apesar de comer um fast-food e ficar saciado, com isso você não alimenta suas células, ou seja, não nutre seu corpo”, explica.

Quanto às intoxicações, Maryna indica apostar em uma rotina de consumo mais orgânica e livre de industrializados. “O quanto mais pudermos evitar industrializados, tanto alimentos quanto cosméticos, melhor. Muitos desses produtos possuem agentes cancerígenos e facilitam a intoxicação”.

Apesar da predisposição genética ser uma das causas apontadas para o desenvolvimento da doença, segundo Maryna, manter uma rotina desequilibrada e sedentária é um caminho facilitador. “Cultivemos bons sentimentos, bons pensamentos e evitemos ódio e rancor. Vamos nos preocupar com nosso corpo, nosso alimento e nossa pele. O câncer está aí, e se ele está crescendo, é porque permitimos. Mudemos!”

Estudos apontam que alimentos gordurosos, processados ou pré-aquecidos e ricos em açúcar provocam alterações hormonais que colaboram para o surgimento da enfermidade. Uma dieta composta por frutas, legumes, verduras, cereais integrais, feijões e outras leguminosas, pode contribuir na prevenção contra a doença.  




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: