Banner Granja Regina

9 dicas preciosas para você começar a correr

Veja como melhorar seu condicionamento, aumentar sua velocidade e evitar possíveis lesões

28 de setembro de 2015
A escolha do jornalista Renato Bezerra foi o treino no parque Adahil Barreto, em Fortaleza

A escolha do jornalista Renato Bezerra foi o treino no parque Adahil Barreto, em Fortaleza

Quer começar a correr e não sabe como? Nossa equipe, com a colaboração do educador físico e personal trainer Willame Calandrini, da academia Central do Corpo, de Fortaleza, pontuou 9 passos para você chegar lá. Mas, lembre-se: sempre busque acompanhamento profissional de Educação Física para realizar qualquer tipo de atividade!

Ah, na nossa agenda você pode conferir todas as corridas previstas para os próximos meses e outros eventos saudáveis na Capital!

1. Escolha um local

A princípio, é importante escolher o local para exercitar, em especial, um lugar de sua preferência, como um clube, praia, academia. O ambiente possui total influência sobre seu estado de espírito!

2. Cheque sua aptidão

Realizar um teste ergométrico (avaliação de esforço) na esteira com o seu educador físico. Ele é o registro da atividade elétrica do coração durante o esforço físico. Além dos achados do eletrocardiograma durante o esforço, este teste permite avaliar o comportamento da pressão arterial, os sintomas referidos pelo paciente e a sua aptidão física.

FOTO: Reprodução/Instagram

FOTO: Reprodução/Instagram

3. Tênis ideal

Importante escolher um tênis adequado para sua pisada. O fortalecimento é fundamental para o corredor, pois assim você fica prevenido de eventuais lesões.

4. Aqueça!

O aquecimento é muito importante para preparar o organismo de uma forma geral (aumento da frequência cardíaca, ativação muscular, aumento da temperatura interna). Alguns movimentos técnicos, como agachamentos e saltos, são opções para aquecer!

Aquecimento da advogada Kelly Mota FOTO: Reprodução/Instagram

Aquecimento da advogada Kelly Mota FOTO: Reprodução/Instagram

5. Hidrate-se

Hidratação antes, durante e após também é fundamental para manter o equilíbrio interno do organismo (omeostase). A desidratação reduz o volume do sangue. A freqüência cardíaca aumenta a medida que o coração faz mais esforços para atender ao organismo que tenta manter o suprimento sanguíneo para os músculos ativos e órgãos vitais. A desidratação causa fadiga precoce e um superaquecimento, por conta do suprimento inadequado de sangue.

6. Treino intervalado

Para um iniciante, o interessante é realizar um treino intervalado. A princípio, realizando a corrida, em que a cada minuto de corrida, terá um minuto de descanso, e, conforme o organismo for condicionando o tempo de corrida, você pode ir aumentando.

Ex: ( 2’corrida/1′ caminhando)
(3′ corrida/1′ caminhando)
E assim vai aumentando o tempo de corrida.

7. Treinos contínuos

Treinos de tiros na praia da Luciana Torres FOTO: Reprodução/Instagram

Treinos de tiros na praia da Luciana Torres FOTO: Reprodução/Instagram

Fazer também treinos contínuos no ritmo de conforto, marcando somente o tempo sem preocupação com a velocidade, é uma ótima opção.

Ex: (10′ correndo/ritmo moderado)

8. Melhore seu condicionamento

Para melhorar o condicionamento, aposte em treinos em ladeira! O peso do próprio corpo, tanto na subida como na descida, faz com que os membros inferiores recebam um trabalho de resistência localizada e este fortalecimento beneficia a performance.

9. Aumente sua velocidade

Treinos de velocidade, como tiros de 100m, 200m ou 300m. Esse tipo de treino reveza estímulos de alta intensidade com baixo volume (tiros) e períodos de recuperação (trote, caminhada ou descanso).




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: