Câmara Municipal de Fortaleza – Campanha: Sua voz é a nossa Fortaleza – 28/07 até 15/08/2022

Nutricionista dá dicas de como manter boa alimentação das crianças no mês de férias

Caprichar na apresentação dos pratos pode fazer toda a diferença

14 de julho de 2022

 

Apostar em frutas no lanche pode ser uma ótima estratégia para manter a alimentação dos pequenos em equilíbrio. (Foto: Canva Pro).

Apostar em frutas no lanche pode ser uma ótima estratégia para manter a alimentação dos pequenos em equilíbrio. (Foto: Canva Pro).

Durante as férias é comum a alimentação da criançada ficar mais relaxada. Doces e fast foods são tentações. No entanto, a nutricionista Nayara Kauffmann, docente da Wyden, ressalta a importância de uma boa dieta durante as férias.

“Vários fatores podem estar envolvidos na falta de apetite das crianças, desde fatores psicológicos, fisiológicos ou patológicos. Dessa forma, a família junto com um profissional deve tentar identificar a principal causa e garantir um bom suporte nutricional. Uma dica muito importante é apresentar alimentos saudáveis como frutas e verduras o mais cedo possível, ainda na primeira infância, e tentar receitas diferentes para chamar a atenção”, explica a profissional.

> Anvisa revoga recolhimento do medicamento losartana

A especialista afirma que é fundamental que a criança permaneça com uma rotina alimentar, realizando as refeições sempre nos horários certos e com regularidade. Uma boa estratégia, segundo Nayara, é misturar pratos já conhecidos pelos pequenos com legumes e verduras para facilitar a aceitação, bem como oferecer frutas frescas ao invés de sucos prontos – isso pode ajudar potencialmente na melhor ingestão de nutrientes essenciais para o organismo.

> Especialista explica como identificar dificuldade ou transtorno de aprendizagem em crianças

A nutricionista dá outras dicas para manter uma alimentação saudável:

– Cuidar da hidratação dos pequenos também é muito importante.

– Caprichar na apresentação dos pratos pode fazer toda a diferença para as crianças. Use e abuse de pratos coloridos e diferentes. Torne o momento da refeição um momento de alegria: reúna a família, interaja e conte curiosidades sobre aqueles alimentos.

– Integre o seus filhos à cozinha: não deixe de convidar os pequenos para participar do preparo ou finalização da comida. Assim, eles se sentirão mais motivados na hora da refeição.
– Use a criatividade na hora de colocar a comida no prato. Nayara destaca que os pais podem transformar os alimentos em animais ou objetos divertidos para desperta a atenção e interesse das crianças. “Um prato pode ficar muito mais apetitoso se formar uma carinha feliz, casinha ou personagem de desenho animado”, destaca a profissional.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:




LEIA MAIS:




COMENTE: