Campanha “Passe Livre Estudantil” – Prefeitura de Fortaleza PMF

Dores nas costas durante a gestação exigem cuidados especiais

De acordo com estudos médicos, entre 60% e 80% das gestantes sofrem ou vão sofrer com o problema durante a gravidez

7 de maio de 2024

Ser mãe e sentir dores nas costas é praticamente uma consequência natural – afinal, a rotina com os filhos, o acúmulo de afazeres do dia a dia e as responsabilidades profissionais e domésticas muitas vezes causam desconforto para elas. No entanto, quando se trata do momento da gravidez, esse é um quadro de saúde que requer cuidados especiais. De acordo com estudos médicos, entre 60% e 80% das gestantes sofrem ou vão sofrer com dores nas costas durante a gravidez. O desconforto, em um momento tão delicado, afeta ainda mais o bem-estar e a qualidade de vida das mamães.

“As dores nas costas durante a gestação podem ser causadas por diversos fatores, como o natural aumento do peso, pois o crescimento do bebê altera o centro de gravidade do corpo, sobrecarregando a coluna lombar. Outro aspecto é que devido a alterações hormonais ocorre o relaxamento dos ligamentos pélvicos, necessário para o parto, o que pode afetar a estabilidade da coluna vertebral, causando dor”, comenta a ortopedista Christine Muniz, Presidente da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – Seção Ceará (SBOT-CE).

> Uma em cada quatro mulheres enfrenta depressão pós-parto

Prevenção

Porém, se existem fatores naturais que ocasionam as dores lombares, há aspectos nos quais se pode efetivamente fazer a prevenção. “Manter uma boa postura, com a coluna ereta e os ombros relaxados, ao sentar e ao caminhar, ajuda a prevenir as dores nas costas. Outro cuidado é a prática regular de exercícios específicos para gestantes, como pilates e hidroginástica. Eles fortalecem os músculos das costas e melhoram a postura”, observa Christine Muniz. “Também é recomendado o uso de calçados confortáveis e com bom suporte para os pés, o que ajuda a manter a postura correta e a reduzir a dor nas costas”, reforça a médica.

> Anvisa lança painel para consulta de preços de medicamentos

Ela ainda explica que os cuidados com a alimentação também contribuem: manter um peso adequado, e com acompanhamento, durante a gravidez ajuda a prevenir o sobrepeso e a sobrecarga na coluna. “A gestante também não deve esquecer do repouso, pois nessa fase o organismo precisa de mais tempo para se recuperar das atividades e dos esforços realizados durante o dia”, detalha Christine Muniz.

De acordo com a ortopedista, com medidas preventivas e cuidados adequados, as gestantes podem minimizar as dores nas costas e aproveitar, com saúde, essa fase tão especial da vida. “Se as dores lombares forem muito intensas ou persistentes, é preciso consultar um médico especializado em saúde da mulher, que poderá avaliar a causa do problema e, como tratamento, indicar o procedimento mais adequado, que pode incluir medicamentos, massagens ou outras medidas terapêuticas. Seja qual for, elas devem sempre ser realizadas por um profissional qualificado”, recomenda a profissional.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:




LEIA MAIS:




COMENTE: