Banner São Luiz – Miguel Dias

‘Virose da mosca’ lota emergências em Fortaleza

É preciso ter cuidado especial as crianças

14 de fevereiro de 2019


Casos de gastroenterite viral, popularmente conhecida como “virose da mosca”, aumentaram vertiginosamente no estado do Ceará. Em Fortaleza, as emergências estão lotadas e a maior queixa dos pacientes são os sintomas de febre, dor abdominal, náuseas, vômitos, diarreia e dores pelo corpo.

As moscas são apontadas como suspeitas de causar a doença, pois neste período chuvoso elas se proliferam mais e trazem doenças virais e bacterianas. A recomendação é lavar bem as mãos, manter os alimentos higienizados e cobertos para evitar a contaminação.

Incentivar a autoestima na criança gera uma fase adulta mais segura
Como lidar com o excesso de tecnologia na vida das crianças
O que colocar na lancheira da criançada

Cuidado redobrado com as crianças

É preciso ter cuidado especial com as crianças, pois elas ainda não têm uma sistema imunológico tão resistente. Porém, vale ressaltar que, na maioria dos casos da virose, não é preciso internação. A pediatra, Dra. Isa Xavier, destaca que os principais sintomas da virose nas crianças são febre, diarreia, vômito e dor abdominal.

O tratamento é basicamente repouso, antitérmicos e hidratação oral. Dra. Isa destaca que as crianças que apresentarem mais de seis evacuações por dia, ocorrência de muito vômito, deve ser reidratar por via venosa.

Segundo a pediatra, alimentos com lactose devem ser evitados durante a virose, pois irrita o intestino e piora a diarreia.

Contaminação:

As infecções gastrointestinais podem ter origem bacteriana e viral. Elas podem ser transmitidas por meio de água contaminada, alimentos manipulados por pessoas que estejam com mãos sujas e contaminadas ou contato direto com o fezes de uma pessoa doente.


A principal diferença entre as gastroenterites causadas por vírus e por bactéria é a intensidade. Nas virais, os sintomas são mais brandos e geralmente desaparecem em até cinco dias, enquanto que nas gastroenterites causadas por bactérias, as febres são mais intensas e os episódios de diarreia acontecem com muita frequência ao longo do dia.

Confira os endereços das UPAs municipais:

– UPA Dr. Eduíno França Barreira (Regional I): Avenida Presidente Castelo Branco s/n – Cristo Redentor.

– UPA Dr. Haroldo Juaçaba, (Regional IV): Rua Betel s/n – Serrinha.

– UPA Dr. Fábio Landim (Regional VI): Avenida Castelo de Castro s/n ou Avenida Contorno Sul s/n – Jangurussu.

– UPA Juraci Magalhães (Regional V): Rua Sargento João Pinheiro com a Rua João Gentil s/n – Bom Jardim

– UPA Dr. Fernando Guanabara (Regional I): Avenida G, nº 9 – Vila Velha.





QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:




LEIA MAIS:




COMENTE: