São Luiz RioMar

Massagem: técnicas e benefícios que vão além do relaxamento

O poder do toque e as técnicas realizadas são capazes de fortalecer o sistema imunológico

19 de setembro de 2016
Massagem

Massagem californiana com óleos

A massagem é conhecida e utilizada desde os tempos mais antigos, devido aos múltiplos benefícios que oferece. O poder do toque e as técnicas realizadas na massagem são capazes de fortalecer o sistema imunológico. Com as constantes situações de estresse e preocupações na rotina diária, é fácil deixar o cansaço e os sintomas do estresse tomarem conta do corpo. Para evitar que isso aconteça, é preciso dedicar um tempo para relaxar e se cuidar.

Durante uma sessão de massagem, o cortisol, hormônio liberado pelo organismo quando ficamos estressados, sofre uma redução considerável, o que ajuda a combater o estresse da vida moderna. Também durante a massagem, há o aumento da dopamina, neurotransmissor responsável pela sensação de prazer, o que explica a sensação de relaxamento e bem estar.

Segundo Vera, massoterapeuta responsável pelo SPA do Carmel Charme Resort, em Aquiraz, todas as massagens iniciam com uma limpeza da aura. “Fazemos uma imposição de mãos que funciona como um pedido de permissão ao seu sistema para aplicar a massagem”, conta. Através de técnicas de deslizamento, fricção e amassamento, se trabalha o sistema circulatório, linfático, nervoso e energético causando a descontração do corpo e da mente, combatendo a fadiga física e mental. Existem diversas técnicas, e cada uma delas trará benefícios diferentes para o organismo. Conheça algumas!

 

Reflexologia

 

A reflexologia tem como principal objetivo reduzir as tensões musculares e reequilibrar a energia do corpo. Essa técnica relaxa, melhora a circulação sanguínea e também desfaz as tensões dos pés.

 

Californiana

 

Nessa técnica utiliza-se de óleos essenciais para facilitar os movimentos longos e rotativos que evoluem durante a massagem. Tem como objetivo melhorar a circulação, relaxar e proporcionar bem estar.

 

Tui-ná

 

Técnica terapêutica da medicina tradicional chinesa, onde os benefícios vão além de um relaxamento. Na Tui-ná, as mãos são utilizadas para tratar problemas como: lombalgia, cervicalgia, ciatalgia, tensões musculares, hérnia de disco em crise, entre outros. Costuma ser uma massagem mais demorada: uma hora de aplicação, enquanto as outras demandam cerca de 40 minutos.

 

Carmel

 

A técnica reúne frações de três tipos de massagem: Tui-ná, Californiana e Reflexologia. Proporciona relaxamento, desfaz tensões, trabalha o aparelho digestivo e ativa a circulação sanguínea.

 

Ventosas

 

Tratamento milenar usado dentro da medicina tradicional chinesa. Consiste na aplicação de copos de vidro ou acrílico no corpo, com a finalidade de criar um vácuo e fazer uma sucção na pele. Esse processo alivia dores musculares, estimula a circulação sanguínea, libera as toxinas existentes no sangue e ajuda em problemas respiratórios, podendo também ser realizada após outro tipo de massagem.

 

Shantala (para crianças)

 

Técnica de massagem criada na Índia. A shantala surgiu como uma maneira de estreitar o vínculo bebê/criança e familiares. A massagem pode ser aplicada em bebês a partir de um mês de idade, e não antes disso (pelo fato de a moleira do bebê ainda estar aberta, a filosofia indiana afirma que os chakras, ou seja, os pontos de energia do corpo do bebê, também estão abertos, e em formação, durante o primeiro mês de vida).

O conhecimento da técnica pelo profissional que irá aplicar a massagem é essencial para a obtenção dos resultados, equilibrando a energia e vitalidade do corpo. Por isso, é importante escolher um local apropriado com um bom massoterapeuta.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: