Indaiá 3

Os perigos dos fones de ouvido para a sua saúde

 Baixe o volume e evite problemas!

25 de junho de 2018
Fone de ouvidos

Baixe o volume e evite problemas!

Nada como ouvir uma música que a gente gosta para espantar o estresse do dia a dia. Mas cuidado! O uso indevido de fones de ouvido pode trazer riscos para a sua audição ou a perda dela de forma irreversível.

Um estudo feito pela Associação de Pesquisa Interdisciplinar e Divulgação do Zumbido (APIDIZ), da Faculdade de Medicina da USP, demonstrou que mais da metade dos jovens (54,7%) entrevistados haviam percebido um ruído na audição. 51% desses jovens disseram que sentiram zumbido logo após usar fones de ouvido por muito tempo ou ao saírem de um ambiente com muito barulho.

Fones de ouvido

O máximo de potência de um fone considerada não prejudicial para a audição é de 80 a 85 decibéis. O fone simples pode ser ainda mais prejudicial que os grandes (headset), pois além de ter uma potência máxima acima de 100 decibéis, leva o som direto para o canal auditivo e já atinge a membrana timpânica.

Se liga! Os principais sintomas da perda de audição são: zumbidos frequentes, atraso no entendimento da fala, isolamento social e sensibilidade ao som. Caso sinta qualquer um desses sintomas por um período de até 72h, procure um médico!

> Confira os cinco hábitos que diminuem a ansiedade  

> Castanha-do-Pará: vilã ou aliada na dieta?

> Como a fertilidade de homens e mulheres é afetada pela alimentação

Ouvido limpo x fones sujos

A higienização dos fones é tão importante quanto o volume do som que sai dele. Segundo a fonoaudióloga clínica Susy Gomes, a sujeira dos fones pode sim causar problemas. “O acúmulo de germes e bactérias que fica no fone entra em contato com a cera do ouvido e causa problemas. Uma vez que você põe um corpo estranho no conduto auditivo interno, sujo, ele pode contaminá-lo”, explica.

DICAS da fonoaudióloga Susy Gomes

Cuidados:

– Faça uso do fone em volume mais baixo, nunca fazendo competição sonora com o som ambiente.
– Opte pelos fones tipo concha. Conduz melhor o som e afeta menos a audição, pois não tem contato direto com o conduto auditivo.
– Evite passar dos 80 decibéis. Existem aparelhos que regulam o nível.
– Higienize os fones com algodão e álcool regularmente e espere secar para colocar no ouvido novamente.
– Procure fazer uma audiometria a cada 6 meses. O exame é responsável por dar a limiar da audição do indivíduo, detectando possíveis problemas.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: