Indaiá 3

Câncer de mama atinge mais de 2 mil mulheres no Ceará

Apenas 25% das mulheres realizam mamografia

5 de outubro de 2017
Câncer de mama

No Ceará, o número de diagnósticos de câncer de mama chega a 2.160.

O câncer de mama tem altas chances de cura quando identificado no estágio 1. No entanto, o tema continua sendo tabu e a doença permanece sendo vista como incurável. O medo de descobrir a doença faz com que muitas mulheres não realizem o exame de diagnóstico. A maioria dos casos são descobertos no estágio 3 ou 4, ou seja, em estágio avançado, diminuindo as chances de obter sucesso no tratamento. 

>O poder dos alimentos na prevenção do câncer de mama
>Outubro Rosa: conheça 5 tipos de alimentos para prevenir o câncer de mama
>Deixe o seu bebê mamar a hora que ele quiser

De acordo com o Instituto do Câncer do Ceará (ICC), apenas 25% das mulheres acima dos 40 anos realizam os exames necessários. Os exames devem ser indicados pelos médicos responsáveis, mas também podem ser solicitados pelas pacientes. Apesar da indicação para mulheres acima de 40 anos, o autoexame deve ser realizado frequentemente por mulheres de todas as idades.

Nos últimos 10 anos, a incidência da patologia cresceu entre 5% e 10%.  Um levantamento feito pelo Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima que em 2017 serão 57.960 diagnósticos de câncer de mama no Brasil. No Ceará, o número já chega a 2.160. Alguns fatores contribuem para esse aumento, como o sedentarismo, sobrepeso, radiação, produtos químicos, estresse etc.

Outubro Rosa

Outubro é o mês de combate ao câncer de mama. Nesse período são criadas campanhas para conscientizar sobre o câncer e sobre formas de prevenção. Se descoberto na fase inicial, as chances de cura são elevadas, por isso a importância do autoexame e de exames de rotina.




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:




LEIA MAIS:




COMENTE: