Indaiá 3

Deixe o seu bebê mamar a hora que ele quiser

Amamentação livre é indicada pela Sociedade Brasileira de Pediatria. A mãe não deve estabelecer um horário.

30 de outubro de 2014

amamentação por livre demanda

Amamentação por livre demanda

Não é incomum as mães de primeira viagem (e as de segunda e terceira…) estabelecerem um horário para os filhos mamarem. Acordar o bebê para mamar mesmo quando ela está no sono mais profundo é prática comum entre as mães.

> Os poderes da amamentação

> Dicas para amamentar sem sofrimento
> Alergia à proteína do leite de vaca

Porém há quem defenda outro ponto de vista e seja a favor da amamentação por livre demanda. É o caso da nutricionista Rafaela Sampaio, de Fortaleza, que explicou os benefícios de o bebê poder escolher o momento e quantidade de leite que necessita.

A nova orientação da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) mostra as vantagens que a liberdade de horário na alimentação do recém-nascido traz. A criança que mama à livre demanda perde menos peso depois do nascimento e estimula mais a lactação da mãe.

Além disso, segundo a nutricionista, a livre mamada previne a dor e o endurecimento da mama causada pelo congestionamento do leite, além de controlar a ansiedade do bebê e evitar ferimentos no peito. “Quando a criança vai ao peito com muita fome, é comum que ela machuque o seio da mãe”, afirma a nutricionista.

amamentação por livre demanda

Os bebês não comem sem estar estar com fome. Os horários da mamada também não seguem o “relógio humano”.

E aí pode surgir uma dúvida:

E se a última mamada do meu filho tiver sido em 5 minutos? Para a nutricionista, não há problema nenhum nisso, pois pode ser que ele só tenha mamado metade da sua necessidade. Ele pode ter engolido ar e se sentiu incomodado, mas depois arrotou e decidiu voltar ao peito. “O recém-nascido não tem a noção de exagero, assim como não se alimenta sem fome, como nós adultos”, explica a nutricionista.

O bebê pode também ter se distraído ou mesmo se enganou. Achou que estava satisfeito e mudou de opinião. “Aos poucos o bebê vai regular suas necessidades e as mamadas se tornarão mais organizadas do ponto de vista do relógio dos adultos”, diz.

Amamentação por livre demanda

Livre demanda não significa dar o peito toda vez que o bebê chorar. Os pais devem identificar sinais de fome na criança como as mãos na boca, movimentos de procura do peito com a cabeça ou movimentos com a boca. E assim, aprender a diferenciar também o choro do bebê, se é de fome ou de algum outro tipo de necessidade.

Serviço

nutricionista Rafaela Sampaio

Rafaela Sampaio
Nutricionista
Clínica Somar – Ed. Medical Center
Rua Coronel Linhares, nº 950, Aldeota – Sl. 10




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: