São Luiz RioMar

Cross Street: resistência e superação

Foram mais de 20 trios, cada um com 2 homens e 1 mulher, inscritos, distribuídos nas categorias Scaled, Intermediário e Rx.

22 de outubro de 2018
Modalidade reuniu a turma de 6 boxes de Crossfit de fortaleza

Modalidade reuniu a turma de 6 boxes de Crossfit de fortaleza

No sábado do dia 29 de setembro, aconteceu mais uma edição do Cross Street realizado pelo Galpão Central do Corpo, que neste ano trouxe um evento ainda mais radical com seis boxes envolvidos na montagem das provas. Foram mais de 20 trios, cada um com 2 homens e 1 mulher, inscritos, distribuídos nas categorias Scaled, Intermediário e Rx .

Pra mim é um dos eventos de Cross mais esperados de Fortaleza, foi marcado por muito suor e superação. Minha equipe, formada pelos guerreiros Saulo Torres e Paloma Gissoni começou a testar as provas faltando duas semanas para o evento.
Modalidade reuniu a turma de 6 boxes de Crossfit de fortaleza

Cross Street: trio fitness.

Cross Street:
Como já somos familiarizado com a modalidade, o nosso principal objetivo nos testes era procurar saber no que cada um era melhor e traçar estratégias. Nossa maior expectativa era em torno das provas inéditas anunciadas pela organização do evento, como a corrida de obstáculos com o muro de corda, Tarzan e o passa-passa e sem falar na prova de natação. No total foram 3 provas com vários exercícios do Cross Fit que durava em torno de 10 minutos e uma prova surpresa para as cinco melhores equipes de cada modalidade.
Modalidade reuniu a turma de 6 boxes de Crossfit de fortaleza

Cross Street: Não tem moleza.

Ao decorrer de cada prova, percebíamos o quanto somos capazes e que muitas vezes subestimamos a nossa força. Um dos pontos altos da competição foi a torcida que grita seu nome e vibra a cada minuto ao decorrer da execução da prova. E no final de tudo, ficamos com o desejo de participar de mais desafios como este.
Desafia-se!



QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE: