São Luiz RioMar

Casal corredor: uma mudança de estilo de vida a dois

O casal segue firme no amor, na dieta e, principalmente, na corrida

12 de junho de 2017

Casal corredor. À direita: o casal amanda e Gabriel antes de começar a rotina de treinos na corrida. À esquerda: casal participando de mais uma corrida de rua.

Casal corredor. Manter uma rotina de exercícios e uma dieta balanceada em dia nem sempre é tarefa das mais fáceis. Seguir esse estilo de vida solitário também não é muito motivador. Porém, quando você encontra parcerias certas para o treino e para te acompanhar no “garfo”, manter um estilo de vida mais saudável se torna muito mais fácil e prazeroso a dois.

O casal Gabriel Lobo, 22, e Amanda Vieira, 20, segue firme no amor, na dieta e, principalmente, na corrida. Após uma mudança de hábitos, os namorados se dedicaram mais às atividades físicas e criaram um perfil nas redes sociais para incentivar outros casais e solteiros a buscarem um vida mais saudável.

> Treino em dupla com ênfase nos membros inferiores
> 6 opções saudáveis para curtir o dia dos namorados em Fortaleza

A mudança de hábitos aconteceu em abril de 2016 após Gabriel sofrer um acidente e fraturar o tornozelo e fíbula durante uma partida de futebol. Foram 7 parafusos e 3 meses sem andar. O estudante de Jornalismo engordou e chegou a pesar 104 quilos. Após fazerem uma viagem e olharem suas fotos, o casal percebeu que estava acima do peso.

Amanda pesava 68 quilos e Gabriel estava com 104. O casal então decidiu mudar. Ele estipulou que assim que estivesse recuperado 100 % iria se condicionar para correr. Amanda, namorada de Gabriel desde os tempos do colégio, estava sempre presente e incentivava o namorado na recuperação.

Casal corredor que treina junto, permanece junto

casal corredor em mais corrida.

Gabriel passou a controlar a dieta e se dedicou mais aos exercícios. Em outubro de 2016, Gabriel e Amanda decidiram ir juntos pela primeira vez em uma corrida de rua, a Night Run. Depois disso, eles mudaram completamente os hábitos de vida. Seguiram uma dieta mais rigorosa para aguentarem o pique e terem mais condicionamento físico, além de participarem de outras provas de corrida. A primeira corrida foi um trajeto de 5km. Depois vieram mais 10 km. E a meta agora é correr 21 km durante uma corrida que acontecerá em setembro.

Resultados

Amanda conquista o terceiro lugar na Corrida da Unifor

O saldo dessa mudança de hábitos foi muito mais disposição e saúde. Gabriel perdeu 19 quilos e Amanda, 12. A corrida de rua virou a principal paixão da dupla. Eles praticam de 3 à 4 vezes por semana. E os resultados dessa paixão estão dando bons frutos. Gabriel e Amanda já colecionam algumas vitórias e criaram em janeiro o perfil @casal.corredor para compartilhar sua rotina de treino e corridas que participam.

No último domingo, 11, Amanda conseguiu ficar na terceira colocação da categoria Universitário (10 km) na Corrida Unifor. Amanda, estudante de Jornalismo, conta que a corrida representa qualidade de vida e vicia. “Acordamos com um sorriso no rosto, pois sabemos que vamos vencer novos obstáculos. Vencer os limites. A cada corrida melhoramos o tempo e isso é instigante. Sempre queremos melhorar”. Gabriel diz que “o bom é que um incentiva o outro. Mudamos totalmente nossas rotinas e o estilo de vida para termos esses resultados”.

Além da motivação mútua, o casal segue uma dieta balanceada e uma planilha de treinos para cumprir a meta de correr 21 km juntos em setembro.

Redes sociais

A corrida realmente mudou nossa vida tanto que a maioria das postagens diárias nas redes sociais eram sobre corrida, orgulha-se Gabriel.O casal percebeu que as postagens motivavam mais casais e amigos a mudarem e terem um estilo de vida mais saudável. Gabriel e Amanda decidiram então criar em janeiro deste ano o perfil no instagram @casal.corredor para falar exclusivamente sobre corrida e a rotina do casal corredor com o objetivo de incentivar e motivar mais e mais pessoas.” A corrida é um universo muito grande de qualidade de vida e queremos poder incentivar as pessoas a terem a mesma mudança que tivemos”, afirma o estudante.

 

 




QUEM LEU ISSO TAMBÉM LEU:







COMENTE:

  • Saúde Fortaleza

    Teste!